Saiba como definir um propósito para o seu time na empresa

por Equipe Alstra
Saiba como definir um propósito para o seu time na empresa

Se você é um líder, ajudar sua equipe a ter um senso de propósito pode ser uma ferramenta poderosa. Porém, nem sempre é fácil despertar um propósito em outras pessoas.

É preciso mais do que palestras motivacionais, discursos grandiosos ou declarações de missão para definir um propósito. De fato, se exagerados ou falsos, esses métodos podem sair pela culatra e serem ridicularizados.

Propósito é aquilo que move a empresa em torno de algo, e não apenas um meio para se vender. É atribuir um sentido à rotina das pessoas para seguirem em frente.

O propósito deve ser algo que reflete o espírito da empresa e, ao mesmo tempo, que motive e inspire a equipe diariamente.

O propósito cria valores que orientam a equipe até mesmo quando os seus líderes não estão – é como um guia que auxilia na tomada de decisão.

Por isso, criar um senso de propósito não é uma tarefa fácil, afinal, a empresa é feita de pessoas e cada uma tem suas crenças, suas paixões e objetivos individuais. Para despertar este sentimento no time e conseguir um engajamento coletivo, é preciso definir um propósito.

E é importante esclarecer que o propósito não precisa ser algo grandioso.

O propósito nada mais é do que um direcionamento que ajuda nas tomadas de decisões a fim de melhorar o ambiente de trabalho e, consequentemente, a carreira daqueles que estão na empresa.

Quando as equipes entendem o seu propósito e cumprem o seu papel, a produtividade e a eficiência disparam.

Os gestores devem ter em mente que precisam compartilhar com os colaboradores o propósito e a missão da empresa, fazendo com que o trabalho de cada um tenha um grande significado para eles.

É como se todos tivessem uma missão em comum, que vai muito além das metas a serem alcançadas diariamente.

Para isso, é importante mostrar à equipe o porquê de o propósito existir, conectando o seu trabalho ao impacto na empresa.

Mas como definir um propósito para o seu time na empresa?

Para começar, os gestores e líderes precisam ter um bom relacionamento e saber socializar – e não estamos falando aqui de ir a happy hours ou festas, mas sim de levar para dentro da equipe este ‘espírito’ de que ninguém faz nada sozinho e que a empresa precisa deles.

Estas são algumas práticas que podem ser utilizadas:

Tornar a prática pessoal: Para que fique uma coisa mais ‘real’, o ideal é que os colaboradores sintam e vivenciem os resultados de ter um propósito dentro da empresa.

Vale mostrar a experiência com um cliente, por exemplo, de como seu papel fez a diferença na vida dele ou, ainda, que sua função na empresa é fundamental, ainda que muitas vezes imperceptível.

Você deve mostrar a causa e efeito.

Tornar a prática autêntica: Para que o propósito funcione, os colaboradores precisam acreditar no que fazem.

Caso contrário o propósito poderá parecer falso e até mesmo uma forma de manipulá-los.

Por isso, o gestor deverá ficar atento ao seu comportamento: todas as suas ações devem ser compatíveis com o propósito da empresa. Ele deve ser o primeiro a colocar em prática os princípios do propósito.

Por exemplo, um líder que só se importa com lucros e metas, não conseguirá inspirar seus funcionários tentando passar uma mensagem de união e propósito.

Portanto, se você for um líder ou um gestor, precisa agir de acordo com o propósito que está tentando passar para a equipe. A sinceridade e autenticidade inspiram os demais.

Tornar a prática perpétua: Para que o propósito funcione, além de ser pessoal, autêntico, ele precisa ser perpétuo.

Não adianta criar todas estas práticas e aplicá-las apenas uma vez, é necessário que o gestor implante uma rotina a fim de que a equipe esteja em constante contato com os propósitos da empresa.

Vale lembrar que é um trabalho que precisa de esforços contínuos e que os resultados não apareceram da noite para o dia, mas ele é possível.

Um líder eficaz consegue criar uma comunicação clara e objetiva para a equipe, melhorando, assim, os resultados de desempenho profissional e pessoal dentro da empresa.

POST RELACIONADOS